FUNDASUL aborda a importância do Novembro Azul para o cuidado da saúde masculina

Fundasul Novembro Azul

Movimento mundial de prevenção e informação sobre o câncer de próstata teve início na Austrália

O mês de novembro é dedicado, no Brasil e em todo o mundo, ao combate do câncer de próstata e a conscientização dos homens para o combate à doença. O Novembro Azul é o movimento mundial que aborda o tema e dissemina informações educativas e de prevenção a esse tipo de câncer.

Quando surgiu?

O Novembro Azul é um movimento que foi realizado pela primeira vez na Austrália, em 2003,  e que pretende alertar a população, principalmente a masculina, sobre o risco do câncer de próstata, quando não há os cuidados necessários para se evitar a doença.

Fique atento

O câncer de próstata é o segundo que mais mata os homens no país. Só provoca menos mortes que o câncer de pulmão. Nas fases iniciais, ele não apresenta sintomas, por isso é fundamental a realização de exames e o acompanhamento especializado.

Segundo o oncologista Fernando Maluf, quem faz o exame tem de 80% a 90% de chance de cura. Os homens devem começar a monitorar a próstata a partir dos 50 anos. Pessoas com histórico familiar ou homens negros devem começar a partir dos 40 e no máximo aos 45 anos.

De acordo com Maluf, os aspectos mais importantes para evitar a doença são: manter o peso, fazer exercício físico, evitar alimentos gordurosos e com muito açúcar.

Como fazer o diagnóstico?

O diagnóstico é feito através do PSA (exame de sangue) e do exame de toque retal. Para diagnosticar o câncer de próstata, é fundamental a realização do exame de toque e o de sangue. Recomenda-se que, a partir dos 50 anos, o urologista seja procurado anualmente para a realização dos exames.

Fuja do preconceito

Apesar de ser uma doença grave, cerca de 90% dos casos são passíveis de cura, desde que o diagnóstico seja realizado precocemente. É nesse ponto que se encontra o maior desafio: o preconceito. A maioria dos homens evita procurar o médico por temer o exame de toque retal, que, além do câncer, é importante para diagnosticar outros problemas anorretais e da próstata. Deixe de lado o preconceito e cuide do seu bem mais valioso: a saúde.